Notícias

Postado em 17/12/2016 11:54

Após perder pontos de venda de drogas, facção CP ameaça invadir o Calabar

.

Share Button
Share Button

Traficantes da facção Comando da Paz, que dominavam o comércio de drogas na localidade da Bomba, no bairro do Calabar, dispararam um áudio em diversos grupos de WhatsApp nesta sexta (16). Eles dizem que vão invadir a região e entrar em confronto com os rivais do grupo Caveira/Bonde do Maluco.

“Aí agora na Bomba aí vou mandar descer todo dia pra dar tiro. Todo dia! Que Côco e Gabriel tá do lado de Averaldinho aí. Fizeram uma reunião ontem. Eu ia mandar descer ontem, os parceiros ‘perguntou’ se eu queria ontem. Eu falei, não. Mas esse final de semana o bagulho vai ficar louco. Natal, Ano Novo tudo aí vai ficar doido, viu? Tô logo avisando que o bagulho vai pegar fogo. Não tô nem aí, eles que ‘procurou’, agora eles segure. O bagulho agora vai ser louco todo dia”, diz o traficante vulgarmente conhecido como Carioca, que integra o CP.

A revolta ocorre devido união entre os traficantes do “Camarão”, comandados por Averaldinho e da vizinha “Bomba”, controlada por Côco. Antes, a “Bomba” era abastecida pelo CP. Agora, ambos fazem parte do grupo Caveira. As duas localidades alimentavam uma guerra de décadas e são separadas pela Base Comunitária de Segurança Pública. Em entrevista ao Informe Baiano, um morador que pediu reserva disse que o clima é tenso na região.

“Tá todo mundo com medo. Eu liguei pra vocês pra fazer essa matéria justamente pro alto comando da PM ser alertado. Muitos moradores já foram pra casas de parentes e tudo. Outros, que não tem pra onde ir, tá aí. Eles podem invadir a qualquer momento e uma bala dessa atingir um inocente. Então, eu faço um apelo pra mandar mais policiamento pro Calabar porque pode acontecer uma tragédia aqui”, apelou.

Com informações do Informebaiano

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),