Fama

Postado em 17/05/2017 2:00

Ator da Globo é acusado de dar calote de quase R$ 100 mil em decoradora

.

Share Button
003
Share Button
Em breve, o processo contra Marcelo Serrado, que corre na 19ª Vara Cível do Rio de Janeiro desde 2015, deverá ganhar novos capítulos. Segundo reportagem da revista Veja, o ator da Globo receberá a visita de um perito da Justiça, que irá em sua casa para fazer uma minuciosa vistoria de uma reforma encomendada por Serrado em 2014, em valor total de R$ 865.882.
A questão é que o ator está sendo acusado de dar um calote de quase 100 mil reais na decoradora, Claudia Hauer, que entrou na Justiça com uma ação de cobrança contra ele. Serrado alega má prestação de serviço nas obras realizadas em sua cobertura de dois andares do ator em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro.
Ao site da revista, a decorada detalhou o caso e disse que foi chamada, devido à amizade de longa data com a família de Roberta Fernandes, mulher de Serrado, para reformar apenas o primeiro andar do imóvel. Depois de tudo pronto, ele teria se mostrado satisfeito com o resultado, tanto que pediu para ela seguir com os trabalhos no segundo pavimento e na área externa do apartamento.
Segundo a decoradora, a obra incluiu rebaixamento de teto, derrubada de paredes e a criação de ambientes, além da substituição dos sistemas elétrico e hidráulico do imóvel. Já no terraço, a ordem era reformar piscina, churrasqueira e sauna. Mas, em meio às intervenções do segundo pavimento da cobertura, a designer alega que já passou a ter problemas nos pagamentos.
Na ação, Claudia relata que fez uma série de cobranças no decorrer da segunda etapa da obra, e que o ator, pouco antes de rescindir o contrato, chegou a lhe entregar cheques que foram devolvidos pelo banco. Em uma troca de mensagens, uma secretária de Serrado enviou até um plano de pagamento do valor pendente: seis parcelas de pouco menos de 6.000 reais e, no fim, pagamento à vista de 80.000. O combinado, porém, não foi cumprido, o que levou a novos emails de cobrança.
Ainda de acordo com Claudia, após ser respondida pelo próprio ator, de que receberia os pagamentos, ela foi surpreendida com novas mensagens da secretaria de Serrado, afirmando que o global havia decidido rescindir o contrato, que passou a questionar os valores e até pedir ressarcimento. Com isso, o ator contratou um perito para elaborar um laudo técnico da reforma e anexou ao processo imagens de quando mandou abrir o teto de gesso do quarto dos filhos “e litros de água jorraram ao chão”.
Mesmo assim, a Justiça pede agora o parecer de um técnico do próprio tribunal. Os advogados de Claudia e Serrado não quiseram se pronunciar.

BUSCAR NO SITE: