Notícias

Postado em 05/11/2015 3:40

Botijão de gás fica mais caro na Bahia a partir de hoje

Sefaz diz não haver justificativa para aumento de preço do botijão de gás.

Share Button
Share Button

O consumidor deve preparar o bolso para mais um aumento no mês de novembro. O Sindicato dos Revendedores de Gás anunciou que o botijão de cozinha vai ficar mais caro na Bahia a partir desta quarta-feira (4). Segundo o sindicato, o reajuste será em torno de R$1,40 a R$1,60 para quem for pegar direto no galpão dos revendedores e de cerca de R$1,75 para quem pedir o botijão em casa.

O motivo do aumento, de acordo com a entidade, é o reajuste da pauta de tributação do gás realizada pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba). O valor médio do gás de cozinha (de 13 Kg) em todo o estado varia entre R$50 a R$ 60 para entrega em domicílio, e R$ 40 a R$ 45 nos galpões das revendedoras.

A Sefaz informou, por meio de nota, que uma adequação na pauta de tributação do gás entrou vigor no íltimo desde o domingo (1°). De acordo com o comunicado, o governo baiano levou em conta o Preço Médio Ponderado Final (PMPF), divulgado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para realizar a alteração.

Entretanto, o órgão órgão informou que não há justificativa para que o preço final do produto sofrer alterações em função da adequação da pauta. Ainda no comunicado, a Sefaz afirma que os relatórios da ANP apontam que os revendedores baianos de gás GLP trabalham com alta margem agregada, da ordem de 43%, sobre o preço de refinaria.

Caso seja verificado abuso no preço de venda, os órgãos de defesa do consumidor. entrarão em ação, informou a secretaria.

 

Fonte: www.varelanoticias.com.br

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),