Notícias - Resgatando Vidas

Postado em 25/09/2015 6:16

Comerciantes do bairro, antes instalados na Praça Matriz, foramrealocados no meio-fio, perdem grana e não sabem pra onde ir

.

Share Button
Share Button

A situação não está das mais bonitas na Praça da Matriz, no bairro de São Cristóvão. A Prefeitura tirou os barraqueiros da praça e os colocou no meio-fio, prometendo um outro local, em breve: um mercado, onde todos ficariam, mas que ainda é apenas um matagal.

A maioria dos barraqueiros demonstra insatisfação, por vários motivos em comum e movidos por dramas particulares, como o de Rose Débora, 40 anos.
?Passei uma semana sem vender nada. Hoje, ainda não vendi também. Antes eu tirava de R$ 70 a R$ 80, sem contar água e suco. Agora, nem esses dois eu consigo vender direito. Tenho três filhos e esse é meu único sustento. Moro de aluguel e até já cortaram a minha luz?.
E, como é de se esperar, isso repercute em casa, já que, para a maioria deles, esse é o único meio de vida. ?Tem barraqueiro que está há mais de 20 anos aqui. Criaram a família com o dinheiro do negócio?, comenta o presidente da associação de moradores do bairro, Silvio Mota.
Enquanto o mercado é só uma promessa, Miriam Andrade, 38, dá dicas. ?A gente tem de se virar, de qualquer jeito. É o ganha-pão?.
A Secretaria de Municipal de Ordem Pública (Semop) informou, por nota, que a Prefeitura está fazendo estudos de viabilidade para a construção de um mercado em São Cristóvão.

Dos comerciantes para o povo
Praça será área de lazer

Antes, as barracas ficavam na Praça da Matriz. Com o projeto de reforma da Prefeitura, houve a transferência dos barraqueiros, de lá para o meio-fio da rua. Essa situação é dada como provisória, até que seja construído o novo mercado, ali perto. Segundo a assessoria da Secretaria de Manutenção (Seman), as obras começaram há 4 meses e, após os 3 meses iniciais, tentando vibializar o projeto, e após o período de greve da construção civil e, logo em seguida, do período de chuvas. A nova praça terá academia de saúde, jogos de mesa, mini-passarela, espaço infantil, parque infantil, iluminação cênica, paisagismo e há a possibilidade de ter Wi-Fi.

Comentários:

8 comentários sobre “Comerciantes do bairro, antes instalados na Praça Matriz, foramrealocados no meio-fio, perdem grana e não sabem pra onde ir”

  1. I just want to tell you that I’m all new to blogging and honestly enjoyed your blog site. Very likely I’m planning to bookmark your blog . You absolutely have tremendous well written articles. Thanks a lot for sharing with us your web site.

  2. Does anyone know if photocopying an article out of a magzine would be considered copyright infringement? Thanks :-). Okay, now that I see some of the answers I’m going to add some details. What if I bought the magazine myself, made the copies to keep for myself, but then gave the magazine to a friend (not for money)? Thanks..

  3. MetroClick specializes in building completely interactive products like Photo Booth for rental or sale, Touch Screen Kiosks, Large Touch Screen Displays , Monitors, Digital Signages and experiences. With our own hardware production facility and in-house software development teams, we are able to achieve the highest level of customization and versatility for Photo Booths, Touch Screen Kiosks, Touch Screen Monitors and Digital Signage. Visit MetroClick at http://www.metroclick.com/ or , 121 Varick St, New York, NY 10013, +1 646-843-0888

  4. Faytech North America is a touch screen Manufacturer of both monitors and pcs. They specialize in the design, development, manufacturing and marketing of Capacitive touch screen, Resistive touch screen, Industrial touch screen, IP65 touch screen, touchscreen monitors and integrated touchscreen PCs. Contact them at http://www.faytech.us, 121 Varick Street, New York, NY 10013, +1 646 205 3214

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BUSCAR NO SITE: