Eventos

Postado em 01/01/2017 8:29

Daniela Mercury leva fãs ao delírio no último dia de festa do Réveillon de Salvador

'Pôr do som' com Daniela Mercury encerra Réveillon de Salvador 2017 Dia 1º de janeiro é marcado pelo encerramento da programação na capital. Além de Daniela, público assistiu aos shows do Olodum e do cantor Caian..

Share Button
Share Button

Mostrando que é graduada em dança, Daniela Mercury iniciou o show Pôr do Som, já tradicional no primeiro dia do ano em Salvador, dançando balé com o Prelúdio de Bach, tocado pelo músico e amigo Ricardo Castro, da Orquestra Neojiba. Ao final da apresentação de abertura na Praça Cayru, no Comércio, a cantora jogou uma das sapatilhas para um fã. O sortudo foi o professor Pablo Amorim, 30, de Sergipe. “Para mim, é uma parte dela que estará comigo agora. Vai ficar comigo para sempre”, comemorou.

 Em seguida, ela cantou o clássico Fascinação e não demorou a agitar o show com a música Swing da Cor. Ao longo do show, a cantora foi fazendo adaptações no figurino, tirando e colocando saias, luvas, xales.

Em entrevista ao canal FitDance, que faz transmissão ao vivo e online do show, Daniela disse que todo o seu show é um documentário vivo da sua carreira e dos 30 anos de axé. No início da apresentação, foi exibido trechos do documentário Axé: Canto de um Povo de um Lugar, de Chico Kertész, no qual Caetano Veloso declara que a cantora “mereceu a coroa de rainha do axé”.

Ainda segundo Daniela, o show foi preparado para agradecer o fato de a arena ter levado seu nome. “Meu coração está entrelaçado com essa cidade. A cidade tem um pedacinho meu e minha música é ainda mais baiana agora”, disse.

Durante toda a apresentação, imagens da carreira da artista foram exibidas no telão. “Tudo o que sou é um pouco de vocês”, declarou aos fãs. Com discurso político, a cantora acrescentou: “Essa geração pode salvar o planeta, erradicar a fome e poluição. Que nós tomemos conta desse grande jardim que a gente ganhou”, disse.

Em outro momento, ela  estendeu ainda mais sobre o assunto: “Depois de aprovada essa péssima PEC, que a gente tente desfazê-la mais adiante. Parabéns à garotada que ocupou as escolas contra a PEC. Esse ano é ano de reconstrução da democracia. Que a gente se encha de confiança em nós como povo, que não descansemos nenhum dia. Estamos perdendo nossos direitos, tenhamos cuidado. Queremos eleições diretas já!”, afirmou.

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),