Notícias

Postado em 14/01/2018 12:17

Guarda municipal foi morto por traficantes apos perceberem que ele estava armado

.

Share Button
Share Button

O guarda civil municipal Antônio Luiz Moreira Soares, 37 anos, foi morto a tiros na noite de sexta-feira (12), na Rua Presidente Médici, no bairro de Águas Claras, em Salvador, após traficantes perceberem que o agente estava armado. Na ocasião, Leonardo Silva de Oliveira, 37, amigo do guarda municipal, também foi morto pelos bandidos.

Ao jornal Correio, moradores da localidade contaram que Antônio estava em uma moto parada com o amigo, por volta das 23h30, quando cinco homens, que seriam integrantes da facção criminosa BDM, se aproximaram das vítimas. “Eles foram abordados e revistados. Quando perceberam que o guarda estava armado, eles se afastaram e começaram a atirar”, relatou um morador, em anonimato. Segundo outra moradora, “foram muitos tiros, quase cem”.

Os moradores afirmaram, ainda, que não conheciam as vítimas e não souberam dizer o que a dupla fazia no local. Antônio era solteiro e morava em Cajazeiras com a mãe. Ele teria saído de casa por volta das 17h.

Em nota, a Guarda Municipal lamentou a morte e informou que o agente fazia parte do quadro da instituição desde 2008. Ele era lotado no Posto do Conselho Tutelar de Castelo Branco.

O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

BUSCAR NO SITE: