Notícias

Postado em 13/01/2017 12:18

Maternidade de Referência em Salvador suspende atendimento após morte de seis bebês

.

Share Button
Share Button

Há suspeitas de que uma bactéria super resistente teria levado a óbito seis recém-nascidos na Maternidade de Referência Professor José Maria De Magalhães Netto, no bairro do Pau Miúdo, em Salvador. O atendimento na unidade de saúde foi suspenso, mas a maternidade alega superlotação.

De acordo com o presidente do Sindimed (Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia), Francisco Magalhães, apesar de não estar recebendo novos pacientes, os bebês que ainda estão internados na unidade correm risco de infecção pela bactéria Serratia Marcescens. Magalhães afirmou que a maternidade está escondendo o surto pela bactéria dos pacientes para não alarmar e estão usando a desculpa da superlotação para não receber as gestantes.

A Santa Casa da Bahia, organização gestora da Maternidade de Referência, confirmou os óbitos e revelou que vem enfrentando desde o mês de outubro de 2016, um surto de infecção pela bactéria. Foram registrados dez casos, com seis óbitos. Dois bebês receberam alta e dois continuam internados na unidade de saúde, em leitos de isolamento. A gestão da maternidade, alinhada com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), realizou os procedimentos técnicos de isolamento.

BUSCAR NO SITE: