Fama

Postado em 29/01/2017 7:11

Mineiros dominam quarto dia de audições às cegas no “The Voice Kids”

.

Share Button
Share Button

Quinze crianças –entre 8 e 15 anos– participaram do quarto dia de competição no “The Voice Kids”, da Globo, neste domingo (29). Treze passaram para a nova fase, seis deles vindos de Minas.

Lawany Ferreira, de São Sebastião do Paraíso (MG), foi a primeira candidata a entrar no palco do programa. Ela cantou a música “Something Got a Hold on Me” e fez todos os técnicos virarem. “Uma mistura de Aretha Franklin com Amy Winehouse”, elogiou Victor, da dupla Victor e Léo.

Outro que surpreendeu os jurados foi o pequeno Marco Souzza, também de Minas, que se apresentou ao som de “Porque Homem não Chora”. Mais uma vez, Victor e Léo viraram a cadeira para o participante, foram até o palco e lembraram da mãe.

“Nossa mãe ama essa música. Ela ouvia o dia inteiro e a vizinhança chorava junto”, afirmou o técnico.

Durante o programa, uma cena curiosa também foi protagonizada por uma das crianças, Emyllin Siang, de Estância (SE), que cantou a música “Coleção” e foi aprovada por dois dos três jurados do programa.

A menina foi questionada para qual time iria entrar. Ela fez uma espécie de brincadeira com Ivete Sangalo, olhou fixamente nos olhos da cantora, e disse. “[Eu escolho] Carlinhos Brown.”

A cantora baiana entrou no clima e reagiu dizendo que “volta a fita, alguma coisa está errada”, simulando estar nervosa.

Além dos mineiros Lawany Ferreira, Mayra Rodrigues, Yasmin Duarte, Marcos Souza, Tayná Delfino e Marcela Morais, participaram ainda Lara Valente (RJ) Kailane Muniz (RJ), Laura Bechler (RS), Larissa Molinari (GO), Letícia Santos (PE), Emellyn Siang (SE), Melissa Noemy (SP), Maria Rita Cerqueira (MA) e Bella Alencar (GO).

As regras de “The Voice Kids” são claras: as crianças escolhem a música que vão cantar no palco. Se o técnico gostar, vira a cadeira. Mas é a criança quem escolhe com qual técnico quer ficar (caso mais de um a escolha).

Cada técnico tem que montar o seu time com 24 vozes.

Nesta primeira etapa, também conhecida como às cegas, os jurados não veem os participantes, apenas escutam as vozes.

BUSCAR NO SITE: