Cultura

Postado em 18/11/2015 12:57

Mostra do gênio Leonardo da Vinci chega a Salvador

Exposição já foi vista por mais de 100 mil pessoas no Brasil e será aberta para visitação a partir de sábado, no estacionamento do Salvador Shopping.

Share Button
Share Button

Um dos maiores nomes do Renascimento, o italiano Leonardo da Vinci (1452-1519) morreu há quase 500 anos, mas seu legado segue despertando fascínio em grande parte da população mundial. O público baiano terá oportunidade de mergulhar no universo do gênio a partir de sábado, às 9h, na exposição Da Vinci – A Exibição, que segue aberta para visitação até 17 de janeiro no estacionamento do Salvador Shopping.

Já vista por mais de 100 mil pessoas, só no Brasil, a mostra passou por importantes cidades como Las Vegas, Buenos Aires, Cidade do México, Montevidéu e Bogotá. De Salvador, segue para São Paulo e depois para países da África e da Europa.

“Em 2011, durante reunião em Boston, percebi que precisava trazer essa exposição para o Brasil, pois entendo que precisamos muito. Nos museus mundiais, vemos muitos grupos escolares e não vemos isso aqui. O ganho é enorme, pois a prática aliada ao conhecimento permite uma fixação maior da mensagem”, afirma Érico De Angelis, 42 anos, presidente da empresa Exhibition Club, responsável por trazer a Da Vinci – A Exibição ao Brasil.

Interatividade
A exposição conta com 60 peças, sendo 44 interativas, criadas em colaboração com artesãos italianos, que deram vida aos aparelhos projetados por Da Vinci. Entre eles, o parafuso aéreo, tanque, carro a manivela, máquinas das áreas de robótica e mecânica.

A mostra reúne, ainda, réplicas das mais importantes pinturas do italiano, entre elas, a Monalisa, a Anunciação e a Santa Ceia, essa última em tamanho original. O público poderá passear por oito ambientes: Voo, Guerra, Anatomia, Civis, Hidráulico, Física e Mecânica, Óptica e Música.

“As predileções dependem do público. Os engenheiros gostam mais da parte de física e mecânica enquanto os médicos preferem a parte de anatomia. Eu, particularmente, gosto muito das explicações das pinturas, pois você consegue chegar cara a cara com a Monalisa e ver detalhes que nem na original você vê. Também gosto da parte de voo, pois sou um apaixonado por aviação”, conta Érico.

Apesar de ser aberta ao público em geral, Érico faz questão de ressaltar o caráter educativo da iniciativa. “A gente busca dentro do nosso conceito uma democratização da cultura e da educação através das exposições. Essa é uma das maiores do mundo e o ganho é enorme, pois se trata de um tema universal. Da Vinci abrange desde física até a arte”, pontua De Angelis.

Escolas podem agendar a visitação através do e-mail [email protected] As invenções podem ser manuseadas pelos alunos com o auxílio dos monitores.

Lado inventor
O presidente da empresa Exhibition Club ressalta a importância do legado de Da Vinci. “Eu acho que muitas pessoas não sabem desse lado inventor dele. A maioria o conhece por conta da Monalisa ou da Santa Ceia. Essa exposição traz esse fascínio de mostrar, dentro de um mesmo espaço, várias profissões, vários ofícios, várias maneiras de como ele pensava em facilitar a vida do homem. Da Vinci imaginava que o homem poderia parar de agir com tanta força e agir mais com a cabeça”, diz.

Galeria de Fotos

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),