Bairros

Postado em 02/02/2017 10:10

Plástico e materiais poluentes são descartados do Balaio de Iemanjá

.

Share Button
Share Button
Não é de hoje que a preocupação com o meio ambiente está presente na Festa de Iemanjá. Neste 2 de fevereiro de 2017 não foi diferente. Na fila que dá acesso aos balaios que serão levados ao mar para simbolizar a entrega dos presentes à Mãe das Águas há um fiscal.
Ele está na função para alertar os esquecidinhos e barrar materiais de plástico, metal ou poluentes. Os vidros de perfume passam, mas como mostra o flagra do fotógrafo Gilberto Júnior, as tampas plásticas ficam. E lá dentro, o liquido é derramado e o frasco vai para o lixo.
Tem gente que não gosta, mas ao lado da fé, o consciência ambiental também está presente na Festa de Iemanjá. Se não for por iniciativa própria, o fiscal dá uma ajudinha.

BUSCAR NO SITE: