Notícias

Postado em 26/12/2016 1:22

PM é reconhecido por bandidos e morto a tiros

.

Share Button
Share Button

Um soldado da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foi morto a tiros por criminosos que o reconheceram como PM quando ele e outro soldado estavam no bairro do Tento, na cidade de Valença, Baixo Sul da Bahia.

De acordo com a polícia, o crime ocorreu por volta das 23h de domingo (25), quando os policiais estavam no local em serviço, mas sem farda, fazendo levantamento de informações de uma denúncia para o serviço de inteligência da unidade.

Durante o trabalho, eles foram reconhecidos pelos bandidos e atacados a tiros. Ainda conforme a PM, os dois soldados estavam em uma motocicleta.

Rogério Souza da Silva, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução / Facebook)
Rogério Souza da Silva, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução / Facebook)

O policial que não resistiu aos ferimentos é Rogério Souza da Silva, de 32 anos. O PM João Feitosa Plínio Júnior, atingido por dois disparos, foi socorrido para o hospital e já teve alta.

Após a morte do PM, quatro pessoas foram mortas em confronto com policiais militares na região.

Por meio de comunicado oficial, o Comando emitiu nota de pesar, lamentando o falecimento do soldado. Rogério integrava o quadro funcional da corporação há sete anos. Ele deixa mulher e um filho de sete anos. O sepultamento do policial militar será realizado nesta segunda-feira, às 16h, no Cemitério Alto do Campinho, em Valença.

Em 2016, segundo dados da Polícia Militar da Bahia, foram 23 policiais mortos no estado, sendo que três deles estavam em serviço.

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),