Internacional

Postado em 20/12/2016 9:52

Polícia alemã libera suspeito de ataque por falta de provas

.

Share Button
Share Button

A polícia alemã liberou nesta terça-feira o suspeito detido depois que um caminhão avançou contra um mercado natalino em Berlim, na segunda-feira. O promotor-chefe responsável pelo caso disse que não há evidências suficientes para manter o homem preso.

O suspeito preso ontem nas proximidades do local do acidente se chama Naved B., segundo o jornal The Guardian, é paquistanês e buscava asilo na Alemanha. De acordo com a polícia, sua aparência estava de acordo com a descrição que testemunhas deram do motorista do caminhão. Além do condutor, uma segunda pessoa estava na carona do veículo e foi encontrada morta com um tiro.

De acordo com o jornal alemão, uma das razões para a polícia levantar dúvidas sobre o sujeito detido é o fato de que ele não tinha traços de sangue em suas roupas quando foi encontrado, ao contrário do interior do caminhão.

Mais cedo, em sua conta no Twitter, a polícia alemã disse que o suspeito que havia sido detido nega participação no ataque. “Nós estamos especialmente em alerta. Por favor, façam o mesmo”. A polícia e o governo alemão já reconheceram o caso como um ato de terrorismo e acreditam que o motorista dirigiu intencionalmente na direção do mercado natalino, matando 11 pessoas, além do passageiro morto com um tiro, e ferindo 48.

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),