Notícias

Postado em 03/12/2015 9:49

Rotina volta fluir após tiroteio e ônibus queimado no Nordeste e Vale das Pedrinhas

.

Share Button
Share Button

Os ônibus voltaram a circular no final da manhã desta quarta-feira (2), no complexo do Nordeste de Amaralina, em Salvador, após o protesto de ontem que terminou com um ônibus queimado no bairro no Vale das Pedrinhas e paralisação destes na região. Os coletivos voltaram a rodar na região por volta das 11h15.

A decisão foi tomada após o comando da 40ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) se reunir com representantes do Sindicato dos Rodoviários.

Também hoje no fim da manhã, o Centro de Saúde Santa Cruz  voltou a funcionar. O posto estava fechado por causa do clima de insegurança no bairro, assim que começou o tiroteio entre a PM e criminosos.

Apesar do clima de tranquilidade estar voltando, os relatos dos moradores é de que o clima ainda é de medo nas ruas. O comércio, apesar de aberto, teve pouco movimento, informaram.

O policiamento na região foi intensificado até que a plena normalidade seja restabelecida. De acordo com a PM, após os acontecimentos, o policiamento foi intensificado e não foram mais registradas ocorrências dessa proporção na região.

Cenário de guerrilha urbana

O clima de tensão se espalhou no bairro do Vale das Pedrinhas na tarde de ontem, terça-feira (01). De acordo com informações de moradores, bandidos decretaram toque de recolher e todas as lojas foram fechadas. O terror foi iniciado com um tiroteio entre traficantes na região do Nordeste de Amaralina que deixou três crianças e uma mulher baleadas. Após a troca de tiros, um ônibus foi incendiado e outro apedrejado na saída do bairro. Mais tarde os ônibus foram impedidos de circular pelos bairro do Nordeste de Amaralina, Vale das Pedrinhas e Santa Cruz, bem como escolas e o centro de de saúde foram fechados.

BUSCAR NO SITE: