Bairros

Postado em 31/01/2018 2:26

Salvador registra 55 macacos mortos

.

Share Button
Share Button
Animais não transmitem febre amarela, mas são indicativos da circulação da doença

Subiu para 55 o número de macacos encontrados mortos em bairros de Salvador no mês de janeiro. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (31) pela Secretaria Municipal de Salvador. Todos os macacos mortos, além de outos cinco debilitados, foram encaminhados para avaliar se eles estão contaminados com a febre amarela.

A SMS destaca que, independente dos resultados dos exames – se identificada ou não a doença -, é realizado o bloqueio vetorial no entorno onde o animal foi capturado. Nenhum dos 60 animais capturados tem sinal de violência ou que tenham sido agredidos. Os macacos não são transmissores da febre amarela. Pelo contrário, eles são indicadores que há o vírus circulando na região onde eles são localizados.

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),