Notícias

Postado em 25/12/2016 5:25

UPA de Escada fecha portas por problemas jurídicos e contratuais

A Sesab esclarece ainda que esta é a única UPA privada do país, sendo que esta condição atípica impediu as adequações jurídicas e contratuais necessárias à continuidade contrato..

Share Button
Share Button
A partir da próxima quarta-feira (28), serão suspensos os serviços da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Escada, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a suspensão acontece por recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e em virtude da inexistência de instrumentos legais que permitam a continuidade do contrato,
A Sesab esclarece ainda que esta é a única UPA privada do país, sendo que esta condição atípica impediu as adequações jurídicas e contratuais necessárias à continuidade contrato.
Por fim, a Sesab assegura que “não haverá desassistência, visto que a região dispõe de atendimento de urgência e emergência na UPA de Periperi e nos hospitais João Batista Caribé, que é voltado para o atendimento à mulher, e Subúrbio, este indicado para os casos mais graves. Além disso, existem leitos de retaguarda no Hospital Alayde Costa”.

Galeria de Fotos

BUSCAR NO SITE: