Esportes

Postado em 13/10/2017 8:10

Bahia arranca empate com o Palmeiras no Pacaembu

.

Share Button
Share Button

O Bahia conseguiu um ponto empate na briga contra o rebaixamento na noite desta quinta-feira (12). Atuando no Pacaembu, o Esquadrão arrancou um empate contra o atual campeão brasileiro, o Palmeiras, com a partida terminando em 2 a 2 após os paulistas abrirem 2 a 0 no placar.

O resultado manteve o tricolor fora da zona de rebaixamento, após esta que foi a estréia de Carpegiani com comando do Bahia

O jogo

Logo aos dois minutos de jogo, o Palmeiras saiu na frente. Em transição rápida para o ataque, o Verdão chegou pela esquerda, com Deyverson cruzando e Moisés desviando antes de Willian Bigode empurrar para as redes e surpreender o tricolor: Palmeiras 1 a 0.

O Bahia sentiu o gol e mostrou desorganização, com o Palmeiras tentando pressionar. Após o susto, o tricolor igualou as ações no meio campo, chegando pela primeira vez com perigo aos 18, com Mendoza recebendo passe de Renê Júnior e batendo para boa defesa de Fernando Prass.

O goleiro Palmeirense voltou a salvar aos 21, quando Vinicius aproveitou sobra após cruzamento de Mendoza. O meia do esquadrão chutou forte para grande defesa do arqueiro alviverde.

Os donos da casa voltaram a conseguir saídas rápidas, e em uma delas, aos 38 minutos, ampliou o marcador. Depois de participar na origem da jogada, Bruno Henrique apareceu na frente de Jeanzinho para pegar a sobra após Willian errar o chute: Palmeiras 2 a 0.

Mesmo com a desvantagem o Bahia seguiu pressionando e foi premiado no último minuto. Mendoza cobrou escanteio e Edigar Junio cabeceou sozinho para diminuir o marcador.

Na etapa final, o Bahia pressionou o Verdão e foi premiado ao fim do confronto, quando Mendoza sofreu pênalti e Edigar Junio converteu para selar o empate na casa dos paulistas

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 2 x 2 Bahia

Brasileirão – 27ª rodada

Local: Pacaembu, às 21h

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Palmeiras: Prass, Tchê Tchê, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Deyverson . Técnico: Cuca

Bahia: Jeanzinho, Eduardo, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Juninho e Vinícius; Zé Rafael, Mendoza e Edigar Junio. Técnico: Paulo César Carpegiani.

BUSCAR NO SITE: