Bahia

Postado em 14/06/2018 5:24

O SAC reforçou os cadastros da Nota Premiada Bahia

.

Share Button
Share Button

Mais de 300 mil baianos já se cadastraram na campanha Nota Premiada Bahia e o número deve aumentar ainda mais rápido. A Rede do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) aderiu à iniciativa, numa parceria entre a Secretaria da Administração (Saeb) e Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz), fazendo o cadastro dos cidadãos em 11 postos da capital e região metropolitana de Salvador, com previsão de estender este atendimento para toda a rede. A Nota Premiada Bahia é uma campanha de educação fiscal da Sefaz.

Somente no SAC Cajazeiras, foram realizados mais de 300 cadastros. De acordo com a atendente Shirleide Lopes, quando os funcionários explicam aos usuários o que é a Nota Premiada Bahia o interesse é imediato. “É um processo muito rápido. Fazemos o informe na recepção e a pessoa é direcionada a uma sala, onde nossas atendentes captam os dados, ajudam o cidadão a escolher as entidades e finalizam o cadastro”, lista Shirleide.

O estudante Lailson Nunes foi resolver uma pendência no SAC Cajazeiras e já saiu da unidade participando da campanha. “É bom por que a gente pode ganhar grandes prêmios e ajudar ao mesmo tempo”, acredita. Morador do mesmo bairro, o vigilante Israel Santana conta que “já incluía o CPF na hora das compras, principalmente, em postos de gasolina e, agora, ainda dá para ganhar uma grana”.

Para participar, basta incluir os dados no site www.notapremiadabahia.ba.gov.br e exigir a inclusão do número de Cadastro de Pessoa Física (CPF), no ato da compra que, automaticamente, o cidadão já está concorrendo a prêmios mensais de R$100 mil e a sorteios especiais de R$1 milhão. Além de exercer a cidadania fiscal, o baiano que participar ainda ajuda duas instituições que escolher – uma de ação social e outra da área de saúde – a receber auxílio financeiro.

Prêmio de R$1 milhão

Falta menos de uma semana para o sorteio do prêmio especial de R$1 milhão, que acontece no próximo dia 20. Vão concorrer todos os bilhetes emitidos entre 19 de dezembro de 2017 e 31 de maio de 2018, incluindo os que participaram dos sorteios mensais desde o início da campanha.

O coordenador do Programa de Educação Fiscal da Sefaz, Antônio Carlos Costa, lembra que a entidade fiscaliza os estabelecimentos e não o cidadão. “Pode dar o CPF à vontade. Nosso objetivo é combater a sonegação praticada por quem não faz a emissão da nota fiscal. O imposto, a partir da aquisição de uma mercadoria, é pago pelo contribuinte e este tem o direito, como cidadão, de exigir esse documento fiscal”, alerta Antônio Costa.

A campanha já premiou 40 baianos, desde o início dos sorteios, em fevereiro. Foram contemplados 28 moradores de Salvador e 12 do interior do estado, dos quais dois de Feira de Santana, dois de Jequié e os demais de Ilhéus, Camaçari, Euclides da Cunha, Ibicaraí, Teixeira de Freitas, Luis Eduardo Magalhães, Simões Filho e Lauro de Freitas.

BUSCAR NO SITE:

O seu produto no caminho do consumidor
Outdoor, Taxidoor, Busdoor em Salvador e região Metropolitana

(Propaganda em Ônibus),